Linha de frente: Alunos da Universidade São Judas atuam contra a Covid-19

Estudantes de Medicina da unidade Cubatão são voluntários em programa do Ministério da Saúde

Sessenta alunos da unidade de Cubatão da Faculdade de Medicina da São Judas estão dando exemplo de profissionalismo na luta contra o coronavírus. Os estudantes do 1º e 2º ano estão atuando como voluntários no pronto-socorro e no hospital municipal da cidade durante a pandemia de Covid-19.

Eles se inscreveram voluntariamente no programa criado pelo Ministério da Saúde, em parceria com prefeituras e universidades do País, para o enfrentamento da doença, e atuam em diversas frentes, fora do horário de suas aulas (que seguem on-line).

Durante o voluntariado, os futuros médicos se dedicam a procedimentos fundamentais para o atendimento de pacientes contaminados pelo vírus e também de alas não-Covid.

Essa ajuda tem sido fundamental para aliviar o sistema de saúde do município, especialmente porque os profissionais da saúde que são contaminados devem ficar ao menos 14 dias longe de suas funções, gerando lacunas que dificultam o gerenciamento de toda a demanda hospitalar da região.

Pelo empenho exemplar, os alunos receberão ao término do programa de voluntariado um certificado. Porém, mais que isso, eles terão deixado um exemplo a ser seguido e uma inspiração a quem luta para minimizar os efeitos da pandemia.

Materias Anteriores

Confira aqui por quê a habilidade é tão importante para o mercado de trabalho
Empresas têm investido e aproveitado a dinâmica do formato para gerar conversas mais horizontais, informar audiências diferentes e criar diálogos mais próximos das pessoas
Nem sempre aumentar a produtividade da equipe é tarefa fácil
Usamos cookies, próprios e de terceiros, para melhorar a sua experiência de navegação. Se seguir navegando sem modificar a configuração do seu navegador, consideramos que aceita seu uso.