Encontro: Renata Pomposelli, Coordenadora de Comunicação Interna do Grupo FQM, fala sobre retomada das atividades

Veja como foi o bate-papo e as medidas adotadas pela companhia para um retorno seguro

Inovação, criatividade, adaptação… Empresas e colaboradores tiveram que se reinventar para passar por um momento que ninguém esperava. Porém, com medidas de reabertura e flexibilização, o retorno às atividades está acontecendo de forma gradual.

Mas, por mais que existam diferentes funções e segmentos, os desafios enfrentados no trabalho são parecidos. As medidas de segurança precisam estar presentes e a comunicação interna tem um trabalho fundamental ao passar todas essas mudanças e protocolos.

Com isso, Renata Pomposelli, Coordenadora de Comunicação Interna do Grupo FQM, foi a convidada para mais um encontro virtual promovido pela Wide Digital. Ela compartilhou orientações e medidas que a FQM está tomando por conta do retorno ao trabalho presencial e também as formas de comunicação com os colaboradores. “A comunicação se potencializou”, afirmou. Segundo ela, foi necessário pensar em todos os fatores para uma volta segura:

- Cada unidade tem sua característica, então tivemos que pensar nos detalhes. A preparação foi bastante minuciosa para que pudéssemos cobrir todos os perfis de colaboradores – lembra.

Além disso, é importante que o colaborador não se esqueça de tomar os cuidados necessários. Para isso, Renata conta que a empresa proporcionou meios para que todos ficassem seguros:

-Houve uma campanha forte de engajamento para o retorno, para que quando o funcionário volte ao ambiente presencial, ele fique seguro. O máximo que a gente pode garantir no sentido de informação e de aparato de higienização, a gente fez. Então a campanha esclarece tudo o que a empresa está provendo para o colaborador – diz.

A FQM criou um canal exclusivo para colaboradores que queiram tirar dúvidas ou falar sobre sintomas. Houve também a testagem dos funcionários antes que eles retornassem ao trabalho presencial nas unidades físicas.

Assista ao vídeo e confira a apresentação completa!

Comentários

{{comment.comment_author}}
{{comment.comment_date}}
{{comment.comment_content}}
Ver mais comentários

Materias Anteriores

Jorge Elias, policial civil aposentado, hoje com 64 anos, é exemplo de força e coração na luta contra a doença. Campanha Novembro azul reforça importância do exame preventivo contra o câncer de próstata, segunda doença que mais mata homens no mundo.
Conteúdo visual incentiva cada vez mais a diversidade e inclusão do negro e propõe reflexão sobre o tema
Veja algumas ideias de publicações para deixar a rede e o colaborador atualizados