Vacinação: melhor prevenir do que remediar

Saiba mais sobre a medida que previne contágio e propagação de doenças

A vacinação é uma das práticas mais efetivas de prevenir o contágio e a propagação de enfermidades. Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da imunização massiva da população.

Função da vacina
É gerar imunidade por meio de antígenos que causam a doença, mas estão enfraquecidos ou mortos. Assim, a vacina ensina e estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos contra a doença, sem que a pessoa fique doente.

Proteção
Talvez você não saiba, mas poliomielite, rubéola, tétano, coqueluche e varíola são exemplos de doenças comuns do passado que não estão mais presentes no nosso cotidiano, graças à vacinação.

Mas fique ligado!
Com a globalização, pessoas não vacinadas podem ser contaminadas por uma doença no exterior e transmitir para alguém que também não esteja imunizado no Brasil. O reaparecimento dos casos de sarampo é um exemplo.

Em tempos de pandemia, a imunização contra as doenças já conhecidas é importante para não lotar ainda mais os sistemas de saúde. Procure um posto de saúde próximo para evitar o deslocamento e esteja de acordo com as medidas protetivas contra a disseminação de coronavírus.

Vacinas salvam vidas. Seja consciente e mantenha a sua vacinação em dia por você e pela sua comunidade!

Veja também o Calendário Nacional de Vacinação no site do Ministério da Saúde

 

Materias Anteriores

Que tal gastar toda a energia da turminha de forma saudável?
Confira aqui por quê a habilidade é tão importante para o mercado de trabalho
Prepare a barra de favoritos do seu navegador e confira
Usamos cookies, próprios e de terceiros, para melhorar a sua experiência de navegação. Se seguir navegando sem modificar a configuração do seu navegador, consideramos que aceita seu uso.