Liderança no trabalho remoto

Psicóloga Marli Arruda fala sobre como manter o engajamento e exercer boa gestão, apesar da distância

Segundo um levantamento da consultoria Wisnet feito com executivos de gestão de pessoas brasileiros, uma das maiores preocupações das empresas é manter o engajamento à distância.

De acordo com a psicóloga e coach empresarial Marli Arruda, os gestores precisam fazer uma autorregulagem, identificando como podem atuar de forma eficiente junto à equipe, além de reconhecer as próprias dificuldades e potencialidades:

– Se o gestor tem perfil ansioso, deve ter controle para não impor prazos curtos para tarefas complexas e se preocupar sobre como o colaborador está em casa, com relação à sua estrutura, família e saúde – esclarece.

A profissional diz que deve haver cooperação com a gestão do tempo da equipe, direcionando o que é urgente e importante nos devidos prazos, assim como relacionar-se de forma mais empática e dar pequenos, porém relevantes, feedbacks sobre o desempenho dos funcionários.

Marli acrescenta que é importante manter uma comunicação assertiva entre todos da equipe, considerando as peculiaridades de cada colaborador:

– Somente sendo autêntico e respeitando a autonomia recebida para elaboração das atividades que será possível fazer um trabalho integrado, além de fazer uso da criatividade para resolução de conflitos – finalizou.

Materias Anteriores

O dia segue com 24 horas, mas é possível render muito mais e tirar as metas do papel com medidas básicas
Confira filmes, documentários e séries inspiradas no mercado de Comunicação e suas divertidas peculiaridades!
Fique ligado nas dicas e relaxe de verdade
Usamos cookies, próprios e de terceiros, para melhorar a sua experiência de navegação. Se seguir navegando sem modificar a configuração do seu navegador, consideramos que aceita seu uso.