Doação de sangue na pandemia: um gesto que salva vidas

Doar sangue é doar vida; contribua para reabastecer os hemocentros do País

Com a quarentena e o receio gerado pela pandemia, os estoques de sangue de todo o País sofreram um duro baque. A redução do número de doadores prejudica o atendimento médico em diversas áreas, comprometendo muitas vidas que poderiam ser salvas através de transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias.

Por isso, neste ano, as ações de conscientização realizadas ao longo do Junho Vermelho são ainda mais urgentes. No Brasil, cerca de 1,6% da população doa sangue, ou seja, apenas 16 a cada 1000 habitantes. Nosso envolvimento com a causa é fundamental para reverter esse cenário.

Vale lembrar que, para garantir a segurança no processo de doação, os postos de coleta estão adotando uma série de medidas cautelares, segundo as orientações das autoridades de saúde.

Neste mês, o Ministério da Saúde divulgou um vídeo convidando a população a doar sangue para fortalecer o sistema de saúde. Assista:

 

Sua doação é diretamente responsável por salvar vidas. Contamos com sua ajuda!

Materias Anteriores

2021 chegou com tudo e, depois de um ano tão "fora do padrão", estamos cheios de metas, certo? Veja algumas dicas para tornar tudo isso realidade
* por Sabrina Athie, diretora geral da Wide SP
Atividades para quem quer usar o tempo de forma produtiva