Diversidade Cultural na Literatura

É tempo de celebrar a nossa pluralidade, inclusive nos livros! Confira as dicas que te ajudarão neste processo.

A leitura é essencial para o desenvolvimento da memória, da criatividade e das mais complexas e diversas percepções que podemos ter do mundo. Separamos algumas  dicas de leitura contemporânea – e com bastante representatividade – para você:

“Cartas para Martin” – Nic Stone

Neste livro, acompanhamos o personagem Justyce através dos desafios da adolescência, enquanto ele amadurece e encara o racismo que tanto afeta sua existência.

“Nós: Uma antologia de literatura indígena” – Vários autores

O leitor vai conhecer histórias contadas (e recontadas) por diversos escritores de diferentes nações indígenas brasileiras.

“Eles nos chamavam de inimigo” – George Takei

Nesta autobiografia em quadrinhos, o autor revisita sua infância em um campo de concentração nos EUA, durante a Segunda Guerra Mundial.

“O segredo do meu turbante” – Nadia Ghulam e Agnes Rotger

A obra acompanha a história real da afegã que assume a identidade do irmão para sobreviver.

“O Livreiro do Alemão” – Otávio Júnior

O autor brasileiro conta sua história e fala sobre como um livro, que encontrou no lixo, mudou sua vida na infância.

“Você Tem a Vida Inteira” – Lucas Rocha

Esta leitura também foi indicada pela estrela da série “Queer Eye” (Netflix), Jonathan Van Ness! É um livro sobre amor e amizade após um diagnóstico de HIV e que também ajuda no combate ao preconceito.

“Amor Plus Size” – Larissa Siriani

Uma história repleta de autoconhecimento, aceitação e empoderamento, em que a protagonista descobre que não precisa ser igual às outras meninas para ser feliz.

 

Ajude a transformar o futuro e compartilhe essas dicas para expandir o hábito da leitura com diversidade!

 

Materias Anteriores

Confira nossa lista e prepare a pipoca!
Jogo de tabuleiro voltou ao mainstream após sucesso de “O Gambito da Rainha” e pode fazer muito bem ao nosso cérebro
* por Sabrina Athie, diretora geral da Wide SP