Doação de sangue na pandemia: um gesto que salva vidas

Doar sangue é doar vida; contribua para reabastecer os hemocentros do País

Com a quarentena e o receio gerado pela pandemia, os estoques de sangue de todo o País sofreram um duro baque. A redução do número de doadores prejudica o atendimento médico em diversas áreas, comprometendo muitas vidas que poderiam ser salvas através de transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias.

Por isso, neste ano, as ações de conscientização realizadas ao longo do Junho Vermelho são ainda mais urgentes. No Brasil, cerca de 1,6% da população doa sangue, ou seja, apenas 16 a cada 1000 habitantes. Nosso envolvimento com a causa é fundamental para reverter esse cenário.

Vale lembrar que, para garantir a segurança no processo de doação, os postos de coleta estão adotando uma série de medidas cautelares, segundo as orientações das autoridades de saúde.

Neste mês, o Ministério da Saúde divulgou um vídeo convidando a população a doar sangue para fortalecer o sistema de saúde. Assista:

 

Sua doação é diretamente responsável por salvar vidas. Contamos com sua ajuda!

Materias Anteriores

Fique ligado nas dicas e relaxe de verdade
Apostando todas suas fichas no poder do áudio, aplicativo segue e reforça a tendência de comunicação
Instituição nova-iorquina trata de temas que vão de moda à pedagogia artística
Usamos cookies, próprios e de terceiros, para melhorar a sua experiência de navegação. Se seguir navegando sem modificar a configuração do seu navegador, consideramos que aceita seu uso.